Como garantir a inovação na empresa sem colocar em risco a segurança?

 Author(s): , Posted on November 16th, 2017

ou
A importância da segurança de dados para a inovação do negócio

A atual era da transformação digital marca uma importante mudança na maneira de se fazer negócios no mundo corporativo. Os avanços da computação em nuvem, mobilidade, redes sociais, big data e Internet das Coisas apagaram as fronteiras entre a realidade física e a online. Exemplo disso são os crescentes serviços oferecidos via aplicativos como pedido de comida, de táxi, acompanhamento médico e etc.

Esse cenário mostra que cada vez mais é preciso investir em Tecnologia da Informação (TI) para garantir inovação na empresa.

Mas como fica a segurança de dados diante disso?

Sabemos que os investimentos em inovação dificilmente priorizam a segurança, pois o modelo tradicional utilizado na maioria das vezes compromete a agilidade, flexibilidade e custo do projeto inovador.

Isso porque, tipicamente, os mecanismos de segurança convencionais são criados para proteger os ativos da TI “modo 1”, definida pela consultoria Gartner como aquela que mantém as operações.

Microssegmentação: proteja as informações sem inibir a inovação

Para reverter essa situação e tornar sua empresa capacitada para inovar de maneira segura é preciso identificar outros mecanismos, que sejam tão fluidos, inovadores e ágeis quanto as tecnologias que sustentam os negócios digitais.

Além disso, é importante priorizar tecnologias consistentes que protejam os dados independentemente se estão no data center corporativo, na nuvem, em parceiros de negócio ou no dispositivo móvel que os funcionários carregam no bolso.

A tecnologia de segurança por microssegmentação conta com estes atributos. Com uma abordagem inovadora, ela permite estender a segurança dos elementos da TI tradicional (modo 1) para os novos ambientes e tecnologias disruptivas.

A solução segue o conceito de rede (segura) definida por software. Portanto, hospeda-se dentro do data center corporativo, com custo e risco de implementação baixos, podendo ser paulatinamente instalada sem mudanças na infraestrutura subjacente.

Aliás, um de seus diferenciais é que a ferramenta aproveita o investimento já realizado em infraestrutura, seja hardware ou software, mesmo em ambiente heterogêneo com equipamentos de diferentes fabricantes.

Transparência na execução

É importante ressaltar que a infraestrutura subjacente é tão transparente na microssegmentação, que os usuários autorizados enxergam os recursos em nuvem e dispositivos móveis da mesma forma que aqueles que estão no data center corporativo. Assim, pode-se estender de forma transparente a segurança para qualquer lugar onde estejam os dados.

Outra vantagem é que os custos operacional e de aquisição são mais baixos quando comparados às soluções tradicionais de segurança de dados, o que gera mais agilidade para mudanças.

Isso porque os usuários são autorizados por meio de sua identidade a terem o acesso de modo seguro e onde quer que eles estejam. Os serviços são tratados de maneira similar, sem complicar a segurança ao gerenciar o endereçamento IP e suas máscaras, dezenas de VLANs e milhares de regras de firewalls.

Os usuários autorizados passam a ver e acessar os recursos na nuvem e dispositivos móveis da mesma forma que os recursos internos; e os usuários não autorizados (e criminosos), nada veem pois os microssegmentos são protegidos com um manto criptográfico que os torna invisíveis aos usuários não autorizados. Ou seja, para quem não tem direito de acesso, aqueles micro segmentos simplesmente não existem. Tornam-se imunes às técnicas de descoberta e varreduras usadas pelos criminosos cibernéticos para reconhecimento de ambientes.

Portanto, não é preciso barrar os processos de inovação por medo das ameaças invadirem os dados corporativos. A microssegmentação é uma estratégia vitoriosa para adequar-se às demandas de inovação com agilidade e colher os bons resultados, sem abrir mão da proteção dos ativos.

Tags: , ,


About the Author

In June 2015, Leonardo joined the new Unisys Global Security organization, to lead its Latin America operation. In this role, his mission is deliver innovative security solutions to Unisys clients in the region in order to protect and enable growth of their business. Read all Posts





«Thinking security: Is security all about cryptography?

4 importantes motivos para investir em microssegmentação »






We use cookies on this site. By using this site, you agree to our use of cookies. To change or learn more, see our Privacy Notice.